segunda-feira, 16 de janeiro de 2017



ASSEMBLÉIA – Sindicato Rural de João Câmara recebe Prefeito para discussão de pauta e toma café com trabalhadores e trabalhadoras do campo




















Assembleia e café da manhã
ATUALIZADO E PRODUZIDO POR REDAÇÃO STRAF/JOÃO CÂMARA
Ocorreu na ultima quinta-feira 12/01 Na sede do Sindicato Rural de João Câmara/RN uma assembleia com o prefeito Maurício Caetano (DEM), os presidentes de assentamentos e agricultores de toda os assentamentos e e comunidades rurais de da cidade. Se fizeram presentes o Presidente do Sindicato Rural Francisco Matias (Renda), o vice-presidente José André, o Secretário de Agricultura do município João Caetano, o Secretário de Finanças Erinaldo Gomes, o presidente da FETARN Manoel Candido, Sr. Antônio Carlos Secretário adjunto da SEARA e o Sr. João Vicente coordenador de crédito fundiário, além da imprensa local.
PAUTA DISCUTIDA:
Pagamento do SEGURO SAFRA;
Pagamento de Energias do s Poços dos Assentamentos;
Corte de terras ano 2017;
UBS nos Assentamentos que ainda não tem;
Transporte para saúde;
Quadra de esportes;
Coleta de Lixo;
Construção de Colégio nos Assentamentos e comunidades que ainda não tem;
Limpeza do barreiro do Brejinho II;
Ronda Cidadã rural;
Reunião trimestral com Prefeito e presidentes.
Sobre os assuntos da pauta, o prefeito Maurício afirmou o compromisso que tem com todos os trabalhadores rurais, abriu uma discursão sobre uma pauta de solicitações da categoria e afirmou que o SEGURO SAFRA está garantido pois a contra partida por parte da prefeitura no valor aproximadamente de 41.000,00 reais já foi efetuado com sucesso e assim todos os agricultores irão receber a parcela de R$850,00 reais referente ao seguro safra.
O prefeito também autorizou o pagamento da energia de todos os poços tubulares existentes no município de João Câmara e pregou a legalidade tendo em vista que muitos poços estão em nome de terceiros e que irá legalizar para ficar em nome da prefeitura de João Câmara.
Mauricio também destacou que a prefeitura está recuperando 7(sete) tratores e que irá se necessário locar mais para atender o corte de terra de todos os agricultores.
Ficou ainda acordado que a cada três meses haverá uma reunião entre o prefeito e os agricultores para um balanço das ações do poder público.
O evento foi encerrado com um grande café da manhã para todos os agricultores e a imprensa local.

Fonte de informações e imagem – Blog STRAF/SINDICATO RURAL DE JOÃO CÃMARA – Com adequação de texto do Blog do Jadson Nascimento

domingo, 15 de janeiro de 2017


IFRN Campus João Câmara suspende atividades nesta segunda-feira (16)

Medida de segurança acontece em função de dedetização periódica das instalações.

IFRN Campus João Câmara – Informe!
ATUALIZADO E PRODUZIDO POR REDAÇÃO STRAF/JOÃO CÂMARA/RN
COMUNICADO
A Direção-Geral do Campus João Câmara do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte vem por meio desta comunicar à comunidade sobre a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas desta unidade do IFRN na segunda-feira, 16 de janeiro. 
O não-funcionamento é uma medida de segurança adotada em função da realização de dedetização e higienização periódica das instalações do Campus, atividades que serão executadas durante este final de semana por empresa especializada no combate a pragas.
O expediente do IFRN João Câmara será normalizado na terça-feira, 17/01.


Fonte de informações e imagens – http://portal.ifrn.edu.br/campus/joaocamara – Reprodução Blog STRAF/JC

Calendário Bolsa Família 2017

Calendário Bolsa Família 2017
ATUALIZADO E PRODUZIDO POR REDAÇÃO STRAF/JOÃO CÂMARA/RN
Como mencionado, o calendário é estabelecido no início de cada ano pela CEF em parceria com o MDS, e contém as datas de pagamento do benefício para o ano inteiro. O pagamento do Bolsa Família é feito de acordo com o último número do calendário: os cartões terminados em 1 serão os primeiros a receber, seguidos pelos cartões finalizados em 2, sucessivamente, até os últimos, que são os cartões terminados em 0.
O pagamento do benefício é realizado todos os meses na Caixa, e para sacar você precisa levar um documento com foto e o cartão do Bolsa Família. Os primeiros pagamentos geralmente são feitos a partir do dia 15 de cada mês, e os últimos geralmente caem no último dia do mês. As datas de pagamento são divididas para evitar tumultos e congestionamento de pessoas nas agências bancárias.
Quem deseja participar do Bolsa Família precisa se enquadrar nos critérios de renda estabelecidos pelo programa. O principal é em relação à renda média das famílias: A média da renda familiar não pode ser superior a R$ 154,00 por pessoa para se ter direito ao benefício, e para receber o valor integral, isso é, o benefício pago às famílias mais pobres, a exigência é que a renda por pessoa não seja superior à R$ 77,00 por pessoa, ou seja, se somar os salários de todos os membros da família e dividir pelo número de pessoas – incluindo as crianças – as medias de renda não podem ser superiores a R$ 154,00 e R$ 77,00 respectivamente.
Para se cadastrar no programa, o cidadão precisa procurar a secretaria de assistência social de seu município e solicitar o seu cadastro no programa. O cadastro por si só não garante acesso ao Bolsa Família, mas é o primeiro passo para receber o benefício. Os candidatos receberão uma lista de documentos que precisarão apresentar para comprovar seus dados – inclusive os de renda – e depois de algumas semanas, sai o parecer sobre o benefício: Se a família foi aprovada, recebe em casa o Cartão do Bolsa Família
Valor do Bolsa Família
O benefício é pago de acordo com as necessidades de cada família da seguinte forma: Cada criança cadastrada por grupo familiar dá direito R$ 37,50 de benefício, sendo possível cadastrar até 3 crianças por família. Além de crianças, também é possível cadastrar adolescentes, até 2, que dão direito cada um a mais R$ 77,00 de benefício. Para as famílias mais pobres, ou seja, aquelas que a renda familiar não passar dos R$ 77,00 por pessoa em média, é garantido um benefício adicional de mais R$ 77,00.
Dessa forma, o valor máximo que uma família pode receber por mês é de R$ 336,00, mas para isso, terá de ser uma família muito pobre, com 3 crianças e 2 adolescentes cadastrados.

Fonte de informações e imagens – http://calendarioconsulta.com – Reprodução Blog STRAF/JC



CONTAG é contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo que inviabiliza a aposentadoria rural

CONTAG é contra a Reforma da Previdência
ATUALIZADO E PRODUZIDO POR REDAÇÃO STRAF/OÃO CÂMARA/RN
 A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG) vem a público manifestar-se firmemente contrária à proposta de Reforma da Previdência Social nos termos apresentada pelo Governo através da Proposta de Emenda Constitucional - PEC 287/2016.
A PEC 287 inviabiliza o acesso dos trabalhadores e trabalhadoras rurais à aposentadoria na medida em que eleva a idade de acesso a este benefício para 65 anos e equipara esta mesma idade para homens e mulheres. Isso significa desconhecer a realidade e as condições de trabalho a que são submetidos os agricultores e as agricultoras, cuja expectativa de vida, em muitos municípios, não chega a 70 anos de idade.
Não bastasse isso, a PEC 287 ainda traz a exigência de 25 anos de contribuição para acesso à aposentadoria. Qual trabalhador(a) rural assalariado(a) conseguirá comprovar tal período de contribuição ao longo de sua vida laboral já que prevalece no campo contratos de trabalho de curta duração ou de safra?
Da mesma forma, exigir contribuição individualizada e mensal dos agricultores e agricultoras familiares para fins de proteção previdenciária, significa excluir milhões desses agricultores do acesso a esse direito. O governo esquece que a renda do agricultor familiar depende das condições climáticas e do resultado da colheita da sua produção, muitas vezes sazonal ou anual, não dispondo os mesmos de renda mensal para contribuir com o sistema nos termos da proposta apresentada.
Na verdade, o Governo se nega a enfrentar os problemas centrais que impactam na sustentabilidade da Seguridade Social como sonegação, a desoneração da folha de pagamento, as renúncias e isenções fiscais, a desvinculação de recursos da Seguridade (DRU), etc. A propósito, ao invés de exigir contribuição individualizada do(a) agricultor(a) familiar, o governo deveria aperfeiçoar o sistema de arrecadação da contribuição de 2,1% que é descontada do Agricultor sobre o valor da venda da sua produção, e que nem sempre é recolhida aos cofres da Previdência Social pelas empresas que compram a produção.
Se a Reforma da Previdência for aprovada nos termos apresentados pelo governo, é provável que milhares de agricultores(as) familiares, especialmente os(as) jovens, deixem o campo por falta de perspectiva de acesso à proteção previdenciária. Isso vai intensificar o êxodo rural, bem como vai impactar na produção de alimentos básicos que garantem a segurança alimentar da nossa população. É a Agricultura Familiar quem produz mais de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros e brasileiras.
A CONTAG não pactua com essa lógica perversa de se querer fazer o ajuste fiscal do Estado brasileiro à custa da população mais pobre. Diante da crise socioeconômica e política que estamos vivendo, é um escárnio querer implantar medidas tão duras contra os trabalhadores e trabalhadoras e, ao mesmo tempo, manter privilégios para alguns segmentos da sociedade.
Vamos nos mobilizar, lutar pelos fins dos privilégios e garantir nossos direitos. Os trabalhadores e trabalhadoras não aceitam pagar essa conta sozinhos.


Fonte de informações e imagens – http://www.contag.org.br – Reprodução Blog STRAF/JC

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

EM BUSCA DE MELHORIAS – Presidente do Sindicato Rural leva reivindicações ao secretário da SEARA





AÇÕES DO STRAF - SINDICATO RURAL DE JOÃO CÂMARA/RN
EM BUSCA DE MELHORIAS – O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de João Câmara, Francisco Matias (Renda) foi recebido em audiência nesta segunda-feira (7) pelo Secretário da SEARA, Raimundo Costa em Natal.
Durante a audiência, Renda tratou de temas como a seca que está penalizando o trabalhador rural; a entrega de títulos de terra aos pequenos agricultores do município de João Câmara, cuja entrega será feita pelo governador em data a ser agendada.
O presidente do Sindicato aproveitou para convidar o secretário Raimundo Costa a fazer uma visita a João Câmara/RN.
A Assessoria de Comunicação Social do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de João Câmara/RN, vem agradecer as palavras elogiosas do Secretário da SEARA Dr. Raimundo Costa ao nosso trabalho de divulgação das ações desta instituição a todo o mundo através das publicações neste blog, na Rádio 89Fm, através do nosso Programa ‘a Voz do Trabalhador Rural’ ou pelas nossas redes sociais, tudo isso é furto da atual gestão do Sindicato Rural de nossa cidade que tem a frente o competente representante Francisco Matias Renda e toda a sua incansável equipe de diretores que dispensa comentários. Fica aqui a nossa gratidão pelo reconhecimento.
Produção: Assessoria de Imprensa do STRAF/JC – Texto do Blog de Assis Silva com Imagens de rede social.
Acesse http://sttruraisjoaocamararn.blogspot.com.br/ blog do straf/jc
STRAF/JC – Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultura Familiar
Presidente Francisco Matias “Renda” Vice-Presidente José André
SINTRAF – JC é Filiado a FETARN/CUT